São Paulo prepara chapéu no Internacional e pode pagar caro para ter novo reforço no mercado da bola

O São Paulo entrou em campo neste último sábado, 19 de março, para honrar mais um de seus compromissos na fase de grupos do Campeonato Paulista. O adversário da vez foi o Botafogo-SP, em partida disputada no Estádio do Morumbi, e que terminou com vitória dos comandados de Rogério Ceni.

Publicidade


O Tricolor Paulista venceu pelo placar de 2×1. Emiliano Rigoni abriu o marcador aos 5 minutos do primeiro tempo e Ceni viu o time adversário buscar o empate com Jean. Já na reta final da etapa complementar, Luciano balançou as redes e deu números finais ao confronto.

Reforço no São Paulo?

O São Paulo iniciou a temporada com alguns nomes de peso sendo cotados como possíveis reforços. Douglas Costa e Yeferson Soteldo foram alguns dos jogadores especulados no time do Morumbi, no entanto, as tratativas não avançaram devido às finanças do clube e situação parecida aconteceu em outros momentos.

Publicidade

O técnico Rogério Ceni identificou algumas carências no atual elenco e segue atento ao mercado da bola em busca de opções. O zagueiro Gustavo Henrique, atualmente aos 28 anos, é reserva do Flamengo e entrou na mira do São Paulo. O time paulista deseja contar com o reforço para período de empréstimo.

Publicidade


Para fechar com Gustavo Henrique, o São Paulo terá que superar dois problemas. O Internacional tem interesse no jogador e vai disputar o reforço nos bastidores. Outro problema são os vencimentos mensais do defensor, que giram na casa dos 710 mil reais.

Publicidade


Mata-mata do Paulistão

Após enfrentar um início de temporada conturbado e com pressão pela demissão do técnico Rogério Ceni, o São Paulo conseguiu dar a volta por cima e buscou sua classificação à fase mata-mata do Paulistão. O adversário será o São Bernardo e o jogo acontece na terça-feira, 22 de março.

Publicidade

Leia mais: https://www.radaresportes.ig.com.br/noticia/38235/clubes/sao-paulo-prepara-chapeu-no-internacional-e-pode-pagar-caro-para-ter-novo-reforco-no-mercado-da-bola-21032022