Fábio Fogaça satisfeito com o 1º dia de treinos da Copa Truck

Estreando um caminhão Mercedes-Benz, o piloto de Sorocaba deu poucas voltas e finalizou o dia no TOP 10, quarto na categoria Super Truck

Fábio Fogaça ficou no TOP 10 no primeiro dia que andou com o Mercedes-Benz, seu novo caminhão na Copa Truck Crédito da foto: Ricardo Ruiz/Divulgação

Mesmo completando poucas voltas, o paulista Fábio Fogaça finalizou a sexta-feira, primeiro dia de treinos para a rodada dupla de abertura da temporada da Copa Truck, no TOP 10, quarto entre os competidores da categoria Super Truck, com o tempo de 1m48s27. O mais rápido do dia foi o paranaense Wellington Cirino, também com um Mercedes-Benz, com o tempo de 1m44s697.

A primeira etapa da temporada da Copa Truck será disputada neste sábado, tendo o terceiro treino livre das 7h50 às 8h30 e o treino classificatório das 9h45 às 10h45. A largada da Corrida 1 será às 12h40, para 25 minutos, mais uma volta. Às 13h13 está programada a largada para a corrida 2, com duração de 20 minutos, mais uma volta. A segunda etapa será no domingo.

Fábio Fogaça explica que no treino extra na manhã desta sexta-feira optou por não andar porque estava chovendo. No segundo deu apenas uma volta devagar para verificar se estava tudo bem com o caminhão e no segundo deu algumas voltas mais rápida, quando foi o 10º mais rápido do dia, quarto na categoria Super Truck. “O caminhão está bom. Estaremos competitivos nas duas corridas deste sábado”, frisa o piloto da equipe FF Motorsport/Quartzolit/Brasilit/Kraucher/Sekurit Partner/Foxlux/Famastil/Kester Pay/Norton

Djalma Fogaça

No primeiro dia de seu retorno às pistas, Djalma Fogaça foi à pista somente no finalzinho do segundo treino livre. Teve muitos problemas com o câmbio e após o fim do treino a equipe descobriu que a trepidação do caminhão era porque estava com o suporte do amortecedor quebrado. “Estamos trabalhando nos acertos finais do caminhão. Espero estar do meio do pelotão para frente no grid de largada”, diz Djalma Fogaça, que terminou a sexta-feira, como o 18º, com o tempo de 2m08s578.

P.Wellington Cirino,

Jota

Já o estreante P. Jota, terceiro piloto da equipe FF Motorsport/Quartzolit/Brasilit/Kraucher/Sekurit Partner/Foxlux/Famastil/Kester Pay/Norton, também não foi à pista no treino extra por estar chovendo e andou nos dois treinos livres. Foi o 20º no primeiro treino, com 2m08s092. No segundo, foi punido por excesso de fumaça e ficou em 22º, sem tempo.

Tempos do segundo treino da Copa Truck em Santa Cruz

1º) Wellington Cirino (Truck), 1m44s697

2º) Beto Monteiro (Truck), 1m44s795

3º) Felipe Giaffone (Truck), 1m45s618

4º) Jaidson Zini (Truck), 1m46s639

5º) Roberval Andrade (Truck), 1m46s660

6º) Regis Boessio (Truck), 1m46s974

7º) Felipe Tozzo (Super Truck), 1m47s050

8º) Fabiano Cardoso (Super Truck), 1m47s917

9º) Jose Augusto Dias (Super Truck), 1m48s027

10º) Fábio Fogaça (Super Truck), 1m48s27

11º) Débora Rodrigues (Truck), 1m48s373

12º) Luiz Lopes (Truck), 1m48s408

13º) Adalberto Jardim (Truck), 1m48s512

14º) Danilo Alamini (Super Truck), 1m48s952

15º) Evandro Camargo (Super Truck), 1m49s099

16º) Rodrigo Taborda (Super Truck), 1m49s336

17º) Glauco Barros (Super Truck), 1m50s468

18º) Djalma Fogaça (Truck), 2m08s578

19º) Raphael Abbate (Super Truck), sem tempo

20º) Paulo Salustiano (Truck), sem tempo

21º) Djalma Pivetta (Super Truck), sem tempo

22º) P. Jota (Super Truck), sem tempo

23º) Pedro Paulo Fernandes (Super Truck), sem tempo

24º)  Danilo Dirani (Truck), sem tempo

Assessoria de imprensa da equipe FF Motorsport

Jornalista Responsável: Luiz Aparecido da Silva