Paródia, marcha fúnebre e caixão: Corinthians prepara vingança contra o Grêmio, contrariando dirigente

Na última quinta-feira (02/11), o Grêmio em sua casa ganhou um pouco mais de sobrevida no Campeonato Brasileiro vencendo o São Paulo por 3 a 0. O time de Vagner Mancini dominou os paulistas, conservando chances, mesmo que mínimas, de ainda permanecer na elite do futebol nacional na próxima temporada.

-->


A próxima batalha agora, considerada como “guerra” por Vagner Mancini, é contra o Corinthians na Neo Química Arena neste domingo. O clima do jogo promete não ser nada amistoso, já que os corintianos guardam há mais de uma década uma grande mágoa sobre o rival. Em dezembro de 2007, o Corinthians foi rebaixado justamente contra o Grêmio em um empate por 1 a 1 no antigo estádio Olímpico.

Na ocasião, os gremistas tripudiaram da tragédia do rival e fizeram muita festa, regado a cânticos zombando o Corinthians, além de caixões com o símbolo do alvinegro.

-->

Os anos se passaram e a situação se inverteu. Agora é a torcida do Corinthians que já está com tudo preparado para tripudiar da desgraça alheia. A principal organizada do clube, Gaviões da Fiel, fará uma marcha fúnebre para receber os jogadores do Grêmio na Arena. O hino do clube gaúcho também foi parodiado e será cantado da seguinte maneira: “Até a pé nós iremos/ Para o velório do Grêmio/ Para a alegria de toda a favela/ Seu enterro será em Itaquera”.

-->


O caixão com o símbolo do Grêmio também já está preparado, contrariando Denis Abrahão, dirigente gremista, que disse em sua última entrevista coletiva que acredita que a torcida corintiana irá torcer para o Grêmio no domingo.

-->


Leia mais: https://www.radaresportes.ig.com.br/noticia/34346/futebol-nacional/parodia-marcha-funebre-e-caixao-corinthians-prepara-vinganca-contra-o-gremio-contrariando-dirigente-04122021