Com o contrato no fim, vários medalhões podem deixar o São Paulo em 2022; renovações estão em pauta

A temporada de 2021 do São Paulo ainda não acabou e o elenco comandado por Rogério Ceni ainda busca a tão sonhada vaga para a Copa Libertadores de 2022. Contudo, apesar de a temporada ainda não ter se encerrado, a diretoria do tricolor já traça planos para 2022. Algumas reformulações devem ocorrer no elenco do clube.

Publicidade


Ao todo são 18 jogadores que possuem vínculo até 2022, mas dentro desse grupo há cinco atletas emprestados a outros clubes e assim não devem retornar ao São Paulo. O que chama atenção é que também dentro desse grupo de jogadores há vários medalhões considerados essenciais para o elenco do tricolor, desse modo o clube já começou a pensar em renovações.

O zagueiro Arboleda possui contrato apenas até a metade de 2022, fato que preocupa a diretoria, pois a partir de janeiro o zagueiro poderá assinar um pré-contrato com qualquer outra equipe e assim deixar o tricolor de forma gratuita. Já Calleri, Luciano, Miranda e Reinaldo possuem contrato até o fim de 2022 e por enquanto não preocupam a diretoria do tricolor.

Publicidade

A diretoria do tricolor já coloca em pauta as renovações de alguns medalhões, mas muitos jogadores ainda estão com o futuro incerto. A situação mais cômoda é a do atacante Calleri, pois o tricolor possui prioridade em comprar o jogador e esse fato deve ser consumado.

Publicidade


Enquanto a diretoria está trabalhando nos bastidores, o técnico Rogério Ceni segue preparando o time para o próximo duelo que será contra o Bahia, pelo Campeonato Brasileiro.

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Leia mais: https://www.radaresportes.ig.com.br/noticia/32259/clubes/com-o-contrato-no-fim-varios-medalhoes-podem-deixar-o-sao-paulo-em-2022-renovacoes-estao-em-pauta-03112021