Vídeo: São Paulo apaga frase de Crespo do vestiário e motivo da demissão é exposto

O São Paulo surpreendeu o mundo do futebol na tarde da última quarta-feira (13/10), com a demissão do argentino Hernán Crespo. A lua de mel do início ano entre clube e treinador já tinha se esfriado. Os maus resultados do segundo semestre e os últimos cinco empates consecutivos do time no Campeonato Brasileiro foram, de certa forma, o estopim para o término dessa relação. 

-->


Crespo encantou a torcida Tricolor no início da temporada com o título do Paulistão e uma frase sua ficou marcada pela conquista: ‘Donde no llegan las pernas va a llegar el corazón’ (onde não chegam as pernas, vai chegar o coração). Após o título que tirou o São Paulo de uma fila de nove anos, a famosa frase foi pintada no vestiário do time como uma homenagem ao treinador.

Para a surpresa de muitos torcedores, ao mesmo tempo em que o clube anunciou a demissão de Crespo, sua frase foi apagada do vestiário, como se pode ver no vídeo abaixo.

-->

Segundo o portal UOL, o clima de Hernán Crespo no São Paulo começou a ficar ruim após as eliminações do time na Copa do Brasil e na Libertadores da América. Naquele momento houve um atrito do treinador com sua comissão técnica, por conta da preparação física dos jogadores.

-->


Com muitos atletas se lesionando ao longo da temporada, a diretoria identificou que o problema estava nos treinamentos físicos e, em comum acordo com Crespo, decidiu que o treinador centralizaria mais as funções no clube. Na época chegaram a pensar em demitir somente a comissão de Crespo, mas a ideia não foi para frente.

-->


A relação do treinador com o elenco também já não era a mesma do início do ano, e muitos jogadores passaram a reclamar de falta de oportunidades no time. Foram os casos de Orejuela e Benítez, onde seus agentes reclamaram publicamente do treinador.

Para o lugar de Crespo o São Paulo anunciou a volta do ídolo Rogério Ceni.

-->

Leia mais: https://www.radaresportes.ig.com.br/noticia/30688/clubes/video-sao-paulo-apaga-frase-de-crespo-do-vestiario-e-motivo-da-demissao-e-exposto-14102021