Vice do Atlético-MG comenta sobre petição, do Flamengo, para perda de mando: ‘desestabilizar’

Uma recente postagem nas redes sociais teria deixado a diretoria do Atlético-MG bastante irritada. O vice-presidente do Flamengo, Rodrigo Dunshee, falou para solicitar a perda de mando de campo do clube mineiro. Essa petição seria sobre as supostas agressões ao VAR, na última quarta-feira (6), contra o Santos, em partida pelo Campeonato Brasileiro.

-->


O ataque foi o bastante para fazer com que o clube se posicionasse publicamente. O vice-presidente do Galo, José Murilo Procópio, manifestou-se sobre o caso. Ele concedeu uma entrevista para o GE, e falou que o mandatário flamenguista tem o intuito de ‘desestabilizar’ o ambiente do Atlético-MG.

Inicialmente, ele diz que é preciso lamentar o que aconteceu e que “querem desestabilizar” o clube. Diz ainda que foi realizada um nota de repúdio e não permitirão que esse tipo de acusação afete o clube. Procópio conta que estão bastante tranquilos e que vão resolver essas pendências no campo.

-->

Ainda segundo o dirigente, esse tipo de declaração acontece talvez pelo motivo de o Galo não estar mais como figurante no cenário nacional, pois estão disputando os principais campeonatos e isso tem incomodado. Ainda de acordo com ele, o Atlético-MG tomará algumas medidas legais a respeito da fala dada por Dunshee ou a súmula que há na partida que foi contra o Peixe.

-->


Agora, a estratégia do departamento jurídico do Atlético-MG é esperar algum posicionamento do Supremo Tribunal de Justiça Desportiva. Caso o STJD apresente uma denúncia sobre o que aconteceu, a diretoria do Galo fará uso do foro legal para se defender.

-->


-->

Leia mais: https://www.radaresportes.ig.com.br/noticia/30867/clubes/vice-do-atletico-mg-comenta-sobre-peticao-do-flamengo-para-perda-de-mando-desestabilizar-16102021