Presidente do Santos faz promessa para torcida após R$ 19 milhões entrarem em jogo

O Santos tem se preparado para o próximo compromisso pelo Campeonato Brasileiro e busca se recuperar na tabela, já que está vivendo o seu pior momento da atual temporada. O clube está na 16ª colocação da tabela e apenas uma posição de entrar na zona de rebaixamento, possuindo apenas 24 pontos após 22 rodadas.

-->


O time paulista também passa por uma grande crise financeira e a diretoria tem trabalhado bastante para tentar equilibrar as contas. O planejamento foi um dos fatores que mais pesou na crise atual, já que o time sempre foi conhecido por realizar boas vendas de jogadores. Algumas dívidas levarem o Santos a ser impedido de inscrever novos atletas no BID da CBF por quase um ano.

Durante uma entrevista para o portal Gazeta Esportiva, o presidente Andres Rueda abriu o jogo sobre as finanças do clube e falou sobre a cobrança de R$ 19 milhões feita pelo Barcelona. O time catalão acionou o clube na FIFA por causa do jogador Gabriel Barbosa, já que o time espanhol teria preferência em uma negociação para a Europa e não foi cumprida.

-->

Rueda declarou que a briga judicial com o Barcelona estava em situação difícil, mas tranquilizou a torcida do clube e prometeu que o Santos não receberá um novo ‘transfer ban‘, dizendo que o clube não terá mais esse problema. Além disso, ressaltou que o time espanhol está em crise atualmente e as negociações na FIFA ainda não avançara, ficando seguro que a dívida não poderia gerar uma punição na entidade máxima do futebol.

-->


Ao ser questionado sobre novos reforços para o time, Rueda deu algumas pistas sobre acordos para a temporada de 2022, mas preferiu não revelar nenhum nome. A torcida tem movimentado bastante as redes sociais e tem se preocupado com a luta contra o rebaixamento, esperando que o Peixe consiga se distanciar do Z4 e brigar por vagas nas competições continentais.

-->


Leia mais: https://www.radaresportes.ig.com.br/noticia/29669/clubes/presidente-do-santos-faz-promessa-para-torcida-apos-r-19-milhoes-entrarem-em-jogo-01102021