Milionário, Flamengo pode ganhar R$ 2 milhões em partida contra o Cuiabá

O Flamengo foi o dono da maior receita do futebol brasileiro em 2020. Mesmo em um ano de pandemia, o Rubro-Negro faturou R$ 668 milhões, muito à frente do Palmeiras, segundo colocado com R$ 532 milhôes. A distância para os times cariocas foi ainda maior.

-->


Apenas o Fluminense aparece no top 10, com receita de R$ 194 milhões no ano passado. O Flamengo é hoje um dos clubes mais ricos do país – se não o mais rico. No domingo (17), sem muito esforço, a equipe presidida por Rodolfo Landim pode engordar o caixa ainda mais.

O Flamengo recebe o Cuiabá, no Estádio do Maracanã. A partida válida pela 27ª rodada está marcada para as 20h30 (horário de Brasília). O clube do Mato Grosso conta com dois jogadores do Flamengo em seu elenco: Max e João Lucas.

-->

O contrato de empréstimo prevê pagamento de R$ 1 milhão para cada atleta caso eles entrem em campo contra o Flamengo. A informação foi divulgada pelo jornalista Venê Casagrande, do jornal O Dia. Ainda segundo o jornalista, é muito difícil que os dois atuem.

-->


Este tipo de contrato é comum no futebol brasileiro. Algumas pessoas defendem e outras criticam. O fato é que o Cuiabá terá que desembolsar R$ 2 milhões se quiser contar com os dois jogadores. Tudo indica que os atletas não serão escalados.

-->


O Flamengo recebe o Cuiabá de olho no Atlético-MG. O time Rubro-Negro tem 45 pontos contra 56 do Galo. Com dois jogos a menos, o Fla sonha em se aproximar na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro e brigar pelo título até o fim. As equipes ainda vão se enfrentar neste segundo turno.

-->

Leia mais: https://www.radaresportes.ig.com.br/noticia/30684/clubes/milionario-flamengo-pode-ganhar-r-2-milhoes-em-partida-contra-o-cuiaba-14102021