Mercado da bola: São Paulo pode perder mais dois medalhões e Grêmio deve comprar centroavante

Mesmo com o fim de todas as janelas de contratações, o mercado segue aquecido dentre os clubes brasileiros. Com o final da temporada se aproximando, muitos clubes já estão pensando nos reforços do próximo ano, enquanto outros planejam rescindir contratos para aliviar sua folha salarial.

-->


Esse último caso lembra bem o São Paulo, que nem esperou o ano acabar para rescindir com seus dois atletas mais caros. No entanto, Hernanes e Daniel Alves não devem ser os únicos medalhões a deixar o clube do Morumbi. Na última quinta-feira (23/09) se tornou pública a insatisfação do zagueiro Arboleda.

Uma das peças principais do elenco de Crespo, Arboleda não aceitou a renovação de contrato proposta pelo clube e seus empresários já anunciaram que o jogador deve sair em janeiro, caso surja uma proposta melhor de alguma outra equipe. O zagueiro acredita que merece uma valorização salarial, enquanto o clube alega que passa por crise financeira e não pode subir muito os valores da oferta.

-->

Outro jogador que não deve continuar no tricolor paulista é Eder. O atacante vem sendo pouco utilizado pelo técnico Hernán Crespo e segundo o jornalista Jorge Nicola, pediu para diretoria rescindir o seu contrato. Para o São Paulo seria até interessante rescindir com um atleta que pouco entra em campo e ganha cerca de R$ 600 mil, mas ainda não houve acordo porque Eder gostaria de receber mais quatro salários como compensação.

-->


Já no sul, o Grêmio diferentemente do São Paulo, está pensando em manter o que está dando certo para a próxima temporada. É o caso do atacante Borja, que caiu como uma luva no esquema do Felipão. O jogador está emprestado pelo palmeiras e o clube já sinalizou que vai comprá-lo em definitivo no ano que vem.

-->


-->

-->

Leia mais: https://www.radaresportes.ig.com.br/noticia/29205/clubes/mercado-da-bola-sao-paulo-pode-perder-mais-dois-medalhoes-e-gremio-deve-comprar-centroavante-24092021