Atlético-MG recorrerá à justiça para cobrar R$ 18 milhões de Fred após conseguir decisão favorável no CNRD

A briga judicial envolvendo o atacante Fred e o Atlético-MG parece estar longe de acabar e já tem novo episódio a vista. O clube mineiro afirmou que irá ajuizar, na Justiça do Rio de Janeiro, uma ação cobrando a execução da multa constante no contrato do jogador com o clube, após conseguir decisão favorável na CNRD (Câmara Nacional de Resoluções de Disputas).

-->


Segundo a Rádio 98FM, o vice-presidente atleticano José Murilo Procópio afirmou que a multa está calculada atualmente em R$ 18 milhões e a ação será ajuizada já na próxima semana. No entanto, o vice-presidente ressaltou que a ação não é garantia de recebimento do valor, sendo apenas mais um dos trâmites judiciais.

Procópio afirmou que a briga judicial está apenas começando e entrou na fase de execução, após conseguirem definir um valor líquido e certo para a causa. Ele ainda disse que a ação é uma mera execução, ressaltando que o clube já superou todas as instâncias administrativas na CNRD.

-->

Relembre a polêmica saída do jogador

O atacante Fred acertou sua rescisão de contrato com o Atlético-MG no dia 22 de dezembro de 2017, mas aceitou a condição imposta pelo Galo de pagar uma multa de R$ 10 milhões caso resolvesse assinar contrato com o Cruzeiro.

-->


O atacante, que já era cotado no maior rival do Galo, assinou contrato com o Cruzeiro no dia seguinte à rescisão, notificante o time celeste sobre a multa prevista em contrato e deixando claro que só assinaria se a Raposa assumisse o valor. As duas partes concordaram sobre a multa e o rival atleticano se responsabilizou pelo pagamento.

-->


No entanto, a multa nunca foi paga e o Atlético-MG entrou com uma ação na Câmara Nacional de Resolução de Disputas, que pertence à CBF, cobrando o jogador pela multa milionária. A multa deveria ter sido paga no dia seguinte à publicação do contrato no BID, que aconteceu no dia 16 de janeiro de 2018.

-->

-->

Leia mais: https://www.radaresportes.ig.com.br/noticia/29187/clubes/atletico-mg-recorrera-a-justica-para-cobrar-r-18-milhoes-de-fred-apos-conseguir-decisao-favoravel-no-cnrd-24092021