AlphaTauri quer ir mais longe na F1 em 2021

A escuderia da Fórmula 1 AlphaTauri, que apresentou nesta sexta-feira seu carro e seus pilotos para 2021, estabeleceu para si própria que a “meta para este ano é estar sempre no pelotão da frente”, segundo o seu dirigente Franz Tost.

Em 2020, a equipe italiana, que antes se chamava Toro Rosso, teve a melhor temporada de sua história, marcando 107 pontos no mundial de construtores. Acabou em sétimo lugar entre as dez na classificação final.

Entre os pilotos, o francês Pierre Gasly, de 25 anos, vencedor de seu primeiro Grande Prêmio em Monza (Itália) em 2020 e décimo no último Mundial, será o líder da equipe. Com a experiência de quem está desde 2017 na categoria, ele terá ao seu lado o estreante japonês Yuki Tsunoda, de 20 anos.

“A chegada de Yuki (que substituiu o russo Daniil Kvyat, de 26 anos) significa que terei mais responsabilidades e estou disposto a assumir essa função”, disse o francês.

Tsunoda foi terceiro na F2 em 2020 e acredita que este campeonato será “uma experiência muito útil e um bom aquecimento” para seu salto para a F1.

Deixe seu comentário

Leia mais: https://www.gazetaesportiva.com/motor/formula-1/alphatauri-quer-ir-mais-longe-na-f1-em-2021/