Fórmula 1 – Stefano Domenicali deve ser o novo CEO da categoria.

Stefano Domenical, antigo diretor da Ferrari, deverá suceder a Chase Carey no comando da Fórmula 1, num futuro próximo.

O assunto ainda não está totalmente finalizado, há várias arestas ainda a serem fechadas, mas o desfecho deverá ser mesmo esse, e espera-se que o atual presidente da Comissão de Monopostos da FIA suceda ao americano, que como se sabe foi nomeado pela Liberty Media em 2017, até ao final deste ano.

Aos, 55 anos, Domenicali foi diretor da Scuderia Ferrari entre 2008 e 2014, isto depois de ter sido o seu diretor esportivo durante um década.

Na Comissão de Monopostos, foi dele o trabalho de impulsionar a reestruturação da ‘escada’ de acesso à F1. Ajudou a a reanimar a Fórmula 2 e recuperou a Fórmula 3. Foi para Audi, antes de se tornar diretor da Lamborghini em 2016, e agora deverá assumir o caro de CEO da F1.

Chase Carey deverá continuar envolvido na F1 após o final desta temporada, mas em outra posição.

Curiosamente, com Jean Todt na FIA e Ross Brawn na Fórmula 1, a nomeação de Domenicali pode juntar novamente o triunvirato de colegas da Ferrari, ainda que Todt deva deixar o cargo atual que ocupa, pois o seu mandato termina no final do próximo ano. Será que o francês se reelege?