Mundial de Motovelocidade – MotoE: Granado é jogado para fora quando partia para a briga pela liderança

Brasileiro estava no segundo lugar e faltando duas voltas para o final levou batida na traseira de italiano, que também abandonou

Apesar da excelente corrida realizada pelo brasileiro Eric Granado, a prova em Jerez de La Frontera (Espanha) não terminou como o piloto da Avintia Esponsorama Racing esperava. Granado largou do quarto lugar no grid do Mundial de Moto-E e depois de estabilizar a moto, que havia empinado na largada, o jovem brasileiro caiu para sétimo, iniciando imediatamente uma briga para recuperar posições. Depois de várias trocas de posição com os concorrentes que estavam à frente, Eric assumiu a segunda colocação e tinha ritmo que tornava possível alcançar o líder, Dominique Aegerter (Suíça, equipe Intact GP). Foi neste momento, faltando apenas duas voltas, que o italiano Matteo Ferrari (equipe Gresini) passou direto em uma curva e atingiu em cheio a traseira da moto do brasileiro.

“Eu estava me sentindo muito bem na moto. Infelizmente, mais uma vez, a moto empinou na largada. Tentei mudar um pouco a estratégia, mas não deu muito certo. Mesmo perdendo as posições, eu tentei ser limpo em minha pilotagem”, frisou Granado. “Me falaram que ele (Ferrari) veio de longe e me acertou de uma forma totalmente injustificável. Então, acho que ele foi antidesportivo. Estou bem, mas com dores pelo corpo. Fiquei sem ar na queda, pois bati as costas”, relatou Eric, que até então era o líder da classificação, após a vitória na etapa anterior. O brasileiro ainda cruzou a linha de chegada no 13º lugar e agora está em terceiro na tabela do campeonato, com 28 pontos.

Eric Granado

“Estava com uma moto boa, com um feeling bom, então mesmo com os contratempos iniciais estava motivado para brigar pelo pódio. Mas tudo bem. Vou me recuperar do acidente e vamos para a próxima. Tem muito campeonato ainda pela frente”, finalizou Granado.

Eric Granado

O vencedor da prova foi o suíço Dominique Aegerter, que agora lidera a classificação com 41 pontos. Eric Granado disputa o Campeonato Mundial de Moto-E com patrocínio de Oakley, Shark, Alpinestars e Thinkers, além do apoio de Orbea, Marazul, Edge e Frota.

Confira a classificação da corrida deste domingo:

1º – Dominique Aegerter (SUI/Intact GP) – 10min54s366

2º – Jordi Torres (ESP/Pons) – a 2s688

3º – Mattia Casadei (ITA/SIC58) – a 3s759

4º – Alex de Angelis (SMN/Pramac) – a 4s484

5º – Niccolò Canepa (ITA/LCR) – a 4s537

6º – Lukas Tulovic (ALE/Tech3) – a 5s980

7º – Mike di Meglio (FRA/Marc VDS) – a 6s133

8º – Josh Hook (AUS/Pramac) – a 6s513

9º – Xavier Simeon (BEL/LCR) – a 8s695

10º – Xavi Cardelus (AND/Avintia) – a 10s583

11ª – María Herrera (ESP/Aspar) – a 13s594

12º – Jakub Kornfeil (TCH/WithU) – a 13s641

13º – Eric Granado (BRA/Avintia) – a 1min37s947

Classificação do campeonato após duas etapas:

1º – Dominique Aegerter – 41 pontos

2º – Jordi Torres – 30 pontos

3º – Eric Granado – 28

4º – Mattia Casadei – 27

5º – Lukas Tulovic – 23

6º – Matteo Ferrari – 20

7º – Mike di Meglio – 15

8º – Josh Hook – 15

9º – Xavier Simeon – 15

10º – Niccolò Canepa – 14

11º – Alex de Angelis – 13

12º – Alejandro Medina – 9

13º – Xavi Cardelus – 8

14ª – María Herrera – 6

15º – Niki Tuuli – 5

16º – Jakub Kornfeil – 4

17º – Tommaso Marcon – 4

18º – Alessandro Zaccone – 0

Calendário 2020

1ª etapa – 19/07 – Jerez de la Frontera, Espanha

2ª etapa – 26/07 – Jerez de la Frontera

3ª etapa – 13/09 – Misano, Itália

4ª etapa – 19/09 – Misano, Itália

5ª etapa – 20/09 – Misano, Itália

6ª etapa – 10/10 – Le Mans, França

7ª etapa – 11/10 – Le Mans, França

Fonte: Best PR Assessoria de Imprensa

Jornalistas responsáveis: Rodolpho Siqueira / Leonardo Marson

Imagens: Divulgação MotoGP