Fórmula 1 – O calendário oficial da categoria esta próximo de ser finalizado.

Continua a se aproximar o momento em que iremos saber mais datas para a segunda fase do calendário da Fórmula 1 de 2020, e Portugal pode ser um país inserido no calendário e ver a sua corrida confirmada, em princípio no dia 4 de outubro.

Nos escritórios da Liberty Media em Londres, continuam trabalhando para colocar de pé a segunda fase do calendário da Fórmula 1, e a sua comunicação deverá acontecer imediatamente antes do início da temporada, em Spielberg, na Áustria, num processo que tem tido atrasos em virtude da imprevisível propagação do coronavírus e as consequentes restrições de viagem associadas em muitos países, fato que torna difícil o planejamento a longo prazo.

Ainda sem confirmações, tudo aponta que depois da corrida de Monza, que está prevista para 6 de setembro, a Fórmula 1 vai permanecer na Itália, para uma corrida no circuito propriedade da Ferrari, e onde testou há dias um monoposto de 2018: Mugello. De acordo com rumores fortes que circulam, a corrida de Mugello será agendada para 13 de setembro, uma semana depois de Monza, com Spa-Francorchamps logo em seguir. Depois disto é que há dúvidas.

A princípio será feita uma corrida em Sochi, na Rússia, no 27 de setembro, mas o coronavírus pode trocar as voltas aos promotores russos, o que por exemplo, já lhes cortou a hipótese de lá terem duas corridas. Segundo se sabe, Hockenheim fica de prevenção caso a corrida da Rússia não se possa realizar, e quanto a este circuito, tudo o que fique mais para a frente no calendário é um risco muito grande devido à meteorologia. É precisamente a probabilidade de uma boa meteorologia – e não só – que permite com grande dose de segurança uma corrida em Portugal, no Autódromo Internacional do Algarve, a 4 de outubro.

Por esta altura a Fórmula 1 já devia estar se preparando para ir para o Japão de daí para o continente americano, mas as coisas estão muito complicadas por aqui, e o GP do México é o que está mais ‘aflito’, já que o circuito fica no meio da enorme Cidade do México. Também os EUA está longe de estar garantido, e nessa zona a corrida mais provável será mesmo o reagendamento do GP do Canadá de Fórmula 1 em outubro, provavelmente após a corrida de Portugal. Também o Grande Prêmio do Brasil está na corda bamba, já que o nosso país esta sendo fortemente atingido pelo coronavírus.

Portanto com as dúvidas que ainda há relativamente ao continente americano, na Ásia, só a China parece estar em condições de realizar uma corrida, talvez até duas, como pretendem os organizadores chineses. Contudo, na F1 teme-se uma ida à China e se houver boa alternativa, será fácil descartar a prova.

Por fim, a parte final do calendário, parece estar mais ou menos pensada, e aí devem acontecer duas corridas no Bahrein com traçados diferentes dentro do mesmo circuito de Sakhir. O fim da temporada será em Abu Dhabi, como sempre esteve planejado. A única questão será as datas, que podem ter que ser ajustadas. Como se percebe, há muito tempo para isso.