Finalistas de 2019: Felipe Giaffone

Terceiro na tabela de pontos da Grande Final, Felipe Giaffone encara a decisão com sobriedade. Vindo de um ano de desenvolvimento tanto do seu caminhão Iveco quanto da equipe Usual Racing, o piloto e comentarista de televisão afirma que ficar entre os três primeiros seria um belo presente pelo campeonato.

O presente viria depois de uma das temporadas mais complicadas de sua carreira em termos de resultados, com a amarga e inédita sequência de quatro corridas sem pontos como o momento mais complicado, seguido por um acidente em pleno warm up do Velopark, onde foi atropelado por Jô Augusto.

“A gente começou com uma pole que no fim das contas foi ruim e não verdadeiro, mas está sendo um ano duro, mesmo na final. O caminhão é muito competitivo, mas a equipe ainda é nova, que está começando na categoria. Tivemos alguns problemas mas estou feliz com a final.”

“O objetivo final, levando em conta o começo do ano, estar entre os seis primeiros é ótimo. É um caminhão resistente, que está chegando ao final das corridas, então estar entre os três seria ótimo. É muito difícil tirar esse título do Beto, para falar bem a verdade. Seria até injusto ele não ser campeão depois de um ano desses.”

Confira os números de Felipe Giaffone na temporada:

Equipe: Usual Racing
Montadora: Iveco
Vitórias: 0
Poles: 1 (Goiânia)
Pódios: 4
Copas: Prata na Copa 1, Bronze na Copa 3
Pontos: 118