Djalma e Fábio Fogaça marcam pontos na etapa da Copa Truck no RS

“Em corrida onde só nos mantivemos na pista pra levar o truck até o final ainda garantimos a oitava e nona posições. Detesto corridas assim, onde o piloto corre apenas para terminar a prova, mas nas condições que viemos foi um prêmio grande o resultado, não corri no meu truck e sim no outro que o Fábio vinha correndo e o Sergio Ramalho correu em Caruaru”, disse Djalma no final da corrida em Tarumã, onde aconteceu a abertura da Copa Truck Sul/Sudeste.

“O caminhão tinha um problema grave no sistema de direção onde saía da curva e ficava travando, com isso não tinha como entrar em algum tipo de disputa. Fábio também só enfrentou problemas, mas levou até o final e estreou o truck marcando uns pontinhos. Deu para ter uma ideia do que funciona ou não nesse truck que é bem diferente do meu”, encerrou o Monstro.

“Final de prova na nona colocação, está ótimo pelo final de semana, consegui duas voltas ‘rápidas’ apenas na classificação, depois de enfrentar problemas em todos os treinos e não conseguir andar, saía do box, abria a volta e aparecia cada hora algo novo. É até certo ponto natural, o caminhão é um trampo ‘artesanal’, muitas peças não são fabricadas em uma linha de produção, são feitas em casa. Fiz a corrida e colhi as informações que deveria, na verdade, ter colhido no primeiro treino, tem muita coisa para evoluir, então está tranquilo. Agradecer a Deus por trazer os dois trucks pra ‘casa’ inteiros e no top10”, falou Fábio Fogaça.

Dois novos nomes estão incorporados à galeria de ganhadores da Copa Truck. Os paulistas Danilo Dirani (Scania) e Witold Ramasauskas (VW) dividiram as vitórias na primeira etapa do regional Sul/Sudeste, aberto neste domingo diante de ótimo público no autódromo gaúcho de Tarumã. Mas quem saiu comandando a liderança foi Felipe Giaffone (VW).

Foram duas baterias parecidas. Na primeira, o pole Dirani só não dominou as 18 voltas de ponta a ponta por causa de um erro cometido no meio da prova que o derrubou para a quarta colocação.

Acompanharam Witold ao pódio, além de Giaffone, o segundo colocado Roberval Andrade (Iveco), o quarto Adalberto Jardim e a quinta Débora Rodrigues, ambos com VW.

Os resultados em Tarumã:
2ª bateria
1 – Witold Ramasauskas (VW), 13 voltas em 25min55s443
2 – Roberval Andrade (Iveco), a 0s911
3 – Felipe Giaffone (VW), a 1s268
4 – Adalberto Jardim (VW), a 1s735
5 – Débora Rodrigues (VW), a 2s547
6 – Ronaldo Kastropil (Mercedes), a 7s642
7 – Luiz Lopes (Iveco), a 10s596
8 – Djalma Fogaça (Ford), a 12s239
9 – Fábio Fogaça (Ford), a 19s654
10 – Danilo Dirani (Scania), a duas voltas
11 – Jaidson Zini (Scania), a quatro voltas
Melhor volta: Danilo Dirani, em 1min23s071 (131,699 km/h)

1ª bateria
1 – Danilo Dirani (Scania), 18 voltas em 25min05s880
2 – Felipe Giaffone (VW), a 1s263
3 – Paulo Salustiano (VW), a 9s351
4 – Roberval Andrade (Iveco), a 28s993
5 – Beto Monteiro (Iveco), a 36s174
6 – Débora Rodrigues (VW), a39s753
7 – Renato Martins (VW), a 40s500
8 – Witold Ramasauskas (VW), a 40s902
9 – Adalberto Jardim (VW), a 41s022
10 – Jaidson Zini (Scania), a 46s320
11 – Luiz Lopes (Iveco), a 51s839
12 – Ronaldo Kastropil (Mercedes), a 51s922
13 – Regis Boessio (Volvo), a cinco voltas
Melhor volta: Danilo Dirani, em 1min21s625 (134,032 km/h)

A classificação da Copa Sul/Sudeste:
1 – Felipe Giaffone, 52 pontos
2 – Roberval Andrade, 40
3 – Danilo Dirani, 39
4 – Witold Ramasauskas, 37
5 – Débora Rodrigues, 31
6 – Adalberto Jardim, 30
7 – Luiz Lopes e Ronaldo Kastropil, 24
9 – Jaidson Zini, 21
10 – Paulo Salustiano, 20
11 – Beto Monteiro, 16
12 – Renato Martins, 14
13 – Djalma Fogaça, 13
14 – Fábio Fogaça, 12
15 – Regis Boessio, 8.


Com informações de Márcio Fonseca (MTb 14.457)
Fotos: Divulgação